Cecilio no Escritório

Cecilio no Escritório
Cecilio no Escritório

quinta-feira, 8 de março de 2012

SAMSUNG recusa Garantia por OXIDAÇÃO, KKKKKK


Minha Filha adquiriu um celular da marca SAMSUNG , antes de vencer a garantia surgiu defeito, levado a assistencia fui informado que perdeu a garantia por Oxidação.
Estranho pois o aparelho não caiu em líquidos e certamente não recebeu umidade excessiva visto que meu local de residencia é quente e seco.
Foi-me dado a opção de consertar o aparelho por R$ 160,00, muito alto, visto que pagou por ele R$ 272,50, achei um absurdo, hoje encontramos aparelhos no mercado de várias marcas por menos que isto e de melhor Tecnologia, é claro que preferirei comprar um novo, É CLARO TAMBÉM que NÃO SERÁ DA MARCA Samsung.
Certamente todos aparelhos ( máquinas fotográficas, celulares, monitores, etc ) que temos em nossa família desta marca qdo formos substituí-los também o SERÃO POR OUTRA MARCA, sem contar que amigos, parentes, e pessoas de minhas redes sociais serão também informados deste ocorrido, contato comigo pelo celular NOKIA 17 - 9618****( nunca apresentou defeito ) ou pelo: face, twitter ou neste blog

quinta-feira, 1 de março de 2012

PIS - BOA NOTÍCIA - Projeto amplia prazo para saque do abono salarial do PIS/Pasep

Um projeto aprovado nesta quarta-feira pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado exclui o prazo de até um ano para o trabalhador sacar o abano salarial do PIS/Pasep. Atualmente, o benefício só pode ser sacado neste período, que se encerra sempre nos meses de junho do ano seguinte ao do início da liberação do dinheiro.

Como foi aprovado em decisão terminativa, o projeto, do senador Valdir Raupp (PMDB-RO), irá direto para a Câmara dos Deputados --o texto só passará pelo plenário do Senado se tiver alguma solicitação para isso.

De acordo com o texto, o dinheiro que não for sacado em um ano deverá acumular-se para o próximo ano. As informações são da Agência Senado.

Tem direito a receber o benefício --o pagamento anual de um salário mínimo-- quem trabalhou com vínculo empregatício por pelo menos 30 dias no ano anterior, recebendo, em média, até dois salários mínimos.

Também é preciso estar inscrito no PIS (Programa de Integração Social) ou no Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Púbico) há cinco anos e ter sido informado corretamente pelo empregador junto à Rais (Relação Anual de Informações Sociais).

A justificativa do projeto destaca que seu objetivo é "tornar o pagamento desses benefícios imprescritíveis e cumulativos ano após ano", visto que muitos trabalhadores deixam de sacar o benefício e acabam perdendo direito a ele. Após o fim do prazo para o saque, o dinheiro retorna à conta do Fundo de Amparo ao Trabalhador.

Cerca de um milhão de trabalhadores, dos 18,5 milhões que poderiam receber o abono do PIS/Pasep em 2010/2011, não sacaram o dinheiro.

Trabalhadores da iniciativa privada recebem o dinheiro por meio da Caixa Econômica Federal. Servidores públicos fazem o saque pelo Banco do Brasil.

TEXTO REPRODUZIDO DA FOLHA ON LINE DE 29.02.2012